domingo , Fevereiro 25 2018
Home / OPINIÃO / Marcelo Miranda e as obras politiqueiras. O “gigante” acordou para a reeleição

Marcelo Miranda e as obras politiqueiras. O “gigante” acordou para a reeleição

O governo acordou para garantir a reeleição. Depois de dois anos dormindo em berços esplêndidos no Palácio Araguaia, comendo das melhores iguarias e alheio a caótica situação do estado, o governador resolve sair de sua cadeira e percorrer o estado, afinal, quer ser reeleito, e para isso é imprescindível sair de Palmas e ver como ficou o estado depois de anos de inércia administrativa, e como um milagre dos deuses fazer aparecer dinheiro para as obras estruturantes que o Tocantins sempre precisou, mas foi somente vista agora que querem continuar desfrutando das benesses que o Palácio oferece.

Uma pergunta que não quer calar: porque esse dinheiro não apareceu há dois anos? Antes que venham com uma resposta descarada quero dar a minha, que, talvez, possam achar descaradas também, mas que está mais perto da realidade, e ela é essa: Dois anos atrás ainda estava longe das eleições, pra que investir em um período longínquo assim? O povo vai acabar esquecendo na hora do voto, não é mesmo?

Como disse o superintendente da juventude do Tocantins em palestra na cidade de Augustinópolis em ocasião da passagem da caravana da juventude pelo município, o problema nunca foi crise, mas a falta de homem com vergonha na cara e coragem para trabalhar e percorrer os 139 municípios do estado, o superintendente, mesmo sem querer, deu um tapa na cara do governo, inconscientemente jogou contra o time, que não ganha há muito, diga-se de passagem. O problema nunca foi a crise de fato, dinheiro sempre teve, mas o uso político dele em obras realizadas nas proximidades das eleições é que trava o estado.

Agora, após dois anos, o governo ensaia uma coragem visando nas eleições de 2018, ações politiqueiras que têm como objetivo a reeleição de Marcelo Miranda, nada mais. Há um ditado diz: Quem muito se ausenta um dia deixa de fazer falta. Pois é! Foram dois anos, dois anos longe do povo e de suas necessidades, totalmente alheio ao que passávamos e ainda passamos nos hospitais, nas rodovias estaduais, nas escolas pelo Tocantins afora, agora vem como se não tivesse acontecido nada, com obras politiqueiras tentando tapar o sol com a peneira, não, não podemos ser tão masoquistas, temos que pôr esse sádico em seu lugar, chega de sermos humilhados por um governo que nosso povo só veio à sua memória no momento em que está precisando continuar deitado em seu berço esplêndido e desfrutando das iguarias do Palácio Araguaia, chega de sermos feitos de otários.

“Volta e meia meu bichinho da vergonha na cara vai passear e eu acabo acreditando novamente em quem já me decepcionou” – Viviane S. Jorge

Espero do fundo do meu coração que essa frase não se faça verdade na vida do tocantinense nas eleições de 2018.

 

 

 

 

 

 

 

Comentários do Facebook

Leia também

A condenação de Lula e a indignação seletiva dos petistas. Ou: tribunal de exceção uma ova! a justiça é para todos

  Lula foi condenado pelo tribunal da Lava Jato a 12 anos de prisão por …