domingo , Fevereiro 25 2018
Home / SAÚDE / Criança sofre risco de morte por demora na cirurgia no Tocantins

Criança sofre risco de morte por demora na cirurgia no Tocantins

O Ministério Público Estadual (MPE) está pedindo à Justiça bloqueio de verbas públicas e a prisão do secretário estadual de Saúde, Marcos Musafir, por descumprimento de decisão judicial que obriga o Estado a realizar cirurgia de uma criança cardiopata cujo caso é grave. A criança é o André Silva Barbosa, de seis anos, que mora em Paraíso do Tocantins, cujo diagnóstico é de estenose. A doença consiste no fechamento de uma válvula que irrigaria o pulmão com o sangue bombeado pelo coração.

A mãe Vanessa Noleto da Silva disse que a doença é congênita e foi diagnosticada quando o filho tinha três meses de vida. Segundo Vanessa, ela acionou a Justiça somente em abril deste ano e desde que a ordem judicial foi expedida ela só recebe orientação da Secretaria de Estado da Saúde (Sesau) para aguardar. “Essa demora é muito doída, olhar para o seu filho todo dia e não poder saber quando ele vai ser atendido. O médico sempre me fala que ele está em risco todo dia”, disse.

Como o coração não tem funcionado corretamente, o pulmão da criança já está comprometido. Outros órgãos também estão sofrendo com o tratamento tardio. “O médico já me falou que ele está com os pulmões, o intestino e o fígado comprometidos. Tudo por causa do coração”, disse.

O risco iminente de agravamento do quadro, segundo a mãe da criança, exige da criança de seis anos limitações. “Ele não pode correr, pular, nada de esforço. A gente explica isso mas ele às vezes não entende. Tento dar todo a atenção, porque se ele tiver uma gripe existe perigo, porque caso se transforme em uma pneumonia pode ser fatal”, explica a mãe.

(Com informações Jornal do Tocantins)

Comentários do Facebook

Leia também

Secretaria de saúde denuncia fraudes de empresa que fornecia produtos para a pasta

Através de uma denuncia da Secretaria de Saúde, a Polícia Federal deflagra a operação marca-passo. …