domingo , Fevereiro 25 2018
Home / OPINIÃO / Amastha, Dimas e um ex pré-candidato a vereador de Augustinópolis: três homens, três propostas e um mesmo desatino

Amastha, Dimas e um ex pré-candidato a vereador de Augustinópolis: três homens, três propostas e um mesmo desatino

 

Não sei se por ingenuidade ou má fé com o intuito de tentar engabelar o povo tocantinense tratando-nos como bobo, mas as propostas dos prefeitos das duas maiores cidades do estado e pré-candidatos ao governo estadual são surreais. As propostas são dignas de candidato de cidade pequena, sem muita instrução. Se não conhecesse a biografia deles e não soubesse que se trata de um engenheiro e um empresário, eu os teria como aquele cidadão simples, que está aventurando na política e não tem noção das promessas que faz. Ou eles se acham muito espertos e os demais tolos, ou são extremamente ingênuos e não têm mesmo a noção do que prometem (Coisa que duvido. Me perdoem).

O primeiro, Carlos Amastha, prefeito de Palmas, prometeu trazer a Disney para o Tocantins, o que é bem sugestivo, pois alguns o tratam como ilusionista, vendedor de sonhos em sua gestão. Mas a pergunta que fica é: qual atrativo há no Tocantins para que o maior parque temático do mundo venha instalar-se aqui? Tomemos por exemplo a cidade de São Paulo, que possui um número de habitantes 10 vezes maior que todo o Estado do Tocantins, ou seja, lá tem uma gama bem maior de possíveis  frequentadores, mas no entanto, não há lá instalações fixas da Disney. Por que raios ela viria para o Tocantins? Me respondam.  Como diz um adágio popular: quem fala muito dar bom dia a jumento. A proposta até que é boa, se não fosse louca.

O outro pretende construir um cassino no Jalapão. Se no mundo dos sonhos de Amastha teremos uma Disney, no de Dimas teremos nossa própria Las Vegas. O problema é: Primeiro. O cassino ainda é proibido no Brasil, portanto, ele teria que burlar a lei, e, consequentemente, trazer sanções ao Estado se o seu cassino for descoberto. Ideia meio arriscada, não? Pois é. Segundo. Que  rede de hotelaria há no Jalapão para que possa hospedar jogadores que vêm de outros de Estados, que infraestrutura tem para isso?  É uma aposta louca, assim como sua pré-candidatura (Mas uma vez me perdoem).

As propostas dos governadoriáveis me fez lembrar um pré-candidato a vereador na cidade de Augustinópolis em 2016, que não se tornou candidato por não ter passado nas convenções, mas que tinha uma proposta no estilo Dimas/Amastha. Percebendo que Augustinópolis não dispunha de um rio para que sua população desfrutasse de seus fins de semana com o pé dentro da água, elaborou um projeto, que se ganhando as eleições apresentaria na Câmara de vereadores. O projeto consistia em trazer de Praia Norte para Augustinópolis o rio Tocantins sanando assim a deficiência augustinopolina de rio.

Se o referido candidato a vereador de Augustinópolis tivesse sido candidato e tivesse ganho as eleições hoje teríamos um rio. Se Amastha e Dimas forem candidatos e um deles ganhar a eleição teremos uma Disney ou uma Las Vegas. Que lega, heim?

Samuel Beckett Disse:  Todos Nós nascemos loucos. Alguns permanecem.

Comentários do Facebook

Leia também

A condenação de Lula e a indignação seletiva dos petistas. Ou: tribunal de exceção uma ova! a justiça é para todos

  Lula foi condenado pelo tribunal da Lava Jato a 12 anos de prisão por …